FBM - Federacao Baiana de Motociclismo , motos, motocicletas, regularidade, motocross, cross country, quadriciclos, enduro, motovelocidade

Notícias
IMAGE
 
II Enduro Rota do Café (Vitória da Conquista)

Com direito a “Rebolation”, estivemos na cidade mais fria da Bahia.
(Por Vinícius Eça, 19 de setembro de 2010) A cidade mais fria da Bahia recebeu nos últimos dias 17 e 18 de setembro, as 11ª. e 12ª. etapas do Campeonato Baiano de Enduro de Regularidade. O II Enduro Rota do Café fez a temperatura subir em Vitória da Conquista!
Na sexta-feira (17) os pilotos se concentraram na RODALEVE Concessionária Honda da região, principal patrocinador da prova. Uma estrutura de toldos foi montada em frente a concessionária que, juntamente com a loja móvel da Princesa Off Road, patrocinadora do Campeonato Baiano, e toda a movimentação proporcionada pela presença dos pilotos e motos, deixou o local repleto de pessoas até altas horas. Aproveitamos a presença dos organizadores, liderados pelo Diretor de Prova, Luis Gustavo, para fazer a programação e seleção dos locais que, no dia seguinte, iríamos fazer as fotos e os vídeos.
No dia seguinte, logo cedo, vários pilotos já estavam se preparando para a jornada de 134 Km de desafios. Quando cheguei ao local de largada, que pela primeira vez no ano não foi em um posto de gasolina, fiquei impressionado com a estrutura: uma bela pista de motocross mantida pela RODALEVE Honda, onde mais tarde também serviria de chegada para os pilotos. Vistoria realizada, o piloto de Itaberaba, Caio “Cabrito” foi o primeiro da Master a largar, exatamente às 08:30:00.
Zé BundinhaComo havíamos combinado no dia anterior, eu e Luis Gustavo fomos para o primeiro ponto de filmagem e fotografia, a “Subida do Tó-tó-tó”, o sumário do regulamento complementar da prova alertava: “nada melhor para testar a habilidade do piloto”, logo pela manhã. Chegamos antes da passagem do primeiro Master e logo percebemos que os pilotos menos experientes teriam problemas para completar a subida. Piloto da Over 40, Zé Bundinha (#90), foi o primeiro a dar “show” na frente das câmeras, depois de sair de um cotovelo apertado, o piloto perdeu a dianteira e teve que descer a moto e fazer o percurso novamente.
Apesar da dificuldade do local, a média era baixa e não poderíamos imaginar que um acidente sério poderia acontecer no local. Por um lapso de azar, o piloto Léo Wilker (#311), da Novatos, se desequilibrou no mesmo local que Zé Bundinha já havia amaciado e foi parar direto no hospital, onde foi pegar seu troféu: platina e parafusos para o antebraço direito que sofreu uma fratura exposta bem na minha frente. Vai passar um bom tempo de molho... Força Léo!!
Na parte da tarde, depois de resgatar a moto de Léo do meio da trilha, fomos para a “Pegadinha do Papai Smurf”. Deixamos o carro numa estradinha e fizemos um “trekking” até chegarmos a outra estrada, a tempo de ver os “abre trilhas” passando. Conversamos um pouco com Marcelo Valenciano e Edmilson, o “Papai Smurf”, que nos garantiu que vários pilotos perderiam a entrada do laço e comprometeriam alguns PC`s. Ficamos mais um pouco e vimos o primeiro piloto da Master perder a entrada da trilha, seguindo direto pela estrada por mais de 500 metros até perceber o erro.
CebinhoA trilha apertada e com algumas erosões profundas também exigiu bastante técnica dos pilotos e assim como “Papai Smurf” havia previsto, a entrada do laço foi ignorada pela grande maioria dos pilotos, que acabavam retornando em sentido contrário numa situação de grande perigo, mas, que não gerou nenhum incidente mais sério, além de algumas reclamações.
Já no final da prova, demos uma passada na trilha do “Rebolation”, o local era repleto de pegadinhas, em alguns pontos parecia um grande buraco de minhoca no meio da vegetação que formava túneis naturais. Para boa parte dos competidores, a prova foi decidida nesse local, quem “rebolou” melhor levou vantagem.
Prova finalizada e GPS’s entregues, o resultado geral e a premiação aconteceram na Churrascaria Picanha na Pedra, com um clima muito alegre os pilotos se divertiram vendo a filmagem que fizemos durante todo o dia, onde registramos muitas “roiadas” e algumas cenas incríveis, incluindo a queda que provocou a fratura do antebraço do piloto Léo Wilker. Tudo isso estará disponível em breve no DVD que já começamos a editar.
Quem se deu bem na prova foi: Cebinho (Master), Edutrilha (Sênior), Mauro “Pacoteira” (Over 40), Guto “Bodinho” (Executivo), Edilton “Muqueca” (Júnior) e Gabriel “Negabinha” (na Categoria Novatos).
De punho no canto…
- A prova de Vitória da Conquista pode ter sido decisiva em várias categorias;
- Cebinho “broca” e fatura a Master, deixando Caio (líder) em segundo;
- Caio “Cabrito” marca 45 pontos e praticamente sela mais um título em sua carreira;
- Essa é “repeteco”: O pessoal de Jacobina está afiado, 6 pilotos levaram troféus, incluindo dois de Campeão e um de vice, olho nos garotos!
* Para ver o resultado completo da prova, ACESSE: http://www.fbm.esp.br/resultado_provas_er.cfm
Veja a partir de hoje (e durante toda a semana), mais informações sobre a prova de Feira de Santana, também no blog Itabuna Off Road (http://itabunaoffroad.com/). São curiosidades, fotos e vídeos. Acesse, leia e deixe comentários.
Incentivamos a sua participação nessa coluna, não deixe de opinar, envie e-mail para o colunista (vinicius.eca@gmail.com) ou para a FBM.
CONFIRA O BLOG E SIGA O COLUNISTA NO TWITTER:
http://twitter.com/viniciuseca
http://itabunaoffroad.com/

Vinícius Eça é trilheiro, blogueiro, videomaker amador, entusiasta do enduro de regularidade e esportes a motor. Especialista em marketing, atualmente desenvolve pesquisas acadêmicas em mídia esportiva.



Federação Bahiana de Motociclismo
Av Flaviano Guimarães, 1038  Bairro Escurinha - Itaberaba Ba - Cep 46880.000 ? telefone 71-3251-1672