FBM - Federacao Baiana de Motociclismo , motos, motocicletas, regularidade, motocross, cross country, quadriciclos, enduro, motovelocidade

Notícias
IMAGE
 
2ª etapa do Brasileiro de Motovelocidade 2010

Santa Cruz do Sul/RS recebe a 2ª etapa do Brasileiro de Motovelocidade 2010 Considerado um dos mais técnicos do país, circuito gaúcho sedia a prova nos dias 22 e 23 de maio (CBM, 12/05) - A cidade de Santa Cruz do Sul, situada a cerca de 150km de Porto Alegre/RS, recebe nos dias 22 e 23 de maio a 2ª etapa dos Campeonatos Gaúcho e Brasileiro de Motovelocidade. Os melhores pilotos do país farão tremer a pista do Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, com motos chegando a mais de 300km/h no fim da reta dos boxes. O circuito é considerado um dos mais técnicos do país, pois possui subidas e descidas de tirar o fôlego dos pilotos e do público. A etapa, que será disputada nas categorias Superbike, Superbike Light, 600cc, 250cc e 125cc, terá cobertura e transmissão do canal Speed e treinos extras na quinta (20/05) e na sexta-feira (21/05). Líder do Brasileiro na categoria Superbike, considerada a Fórmula-1 da motovelocidade, o paulista Pierre Chofard segue confiante para a etapa. Após as duas vitórias na abertura, em Interlagos, Chofard quer mais um bom resultado para manter a primeira colocação na classificação geral da competição. - Santa Cruz é uma pista bem técnica, com várias curvas para os dois lados e muito gostosa de se andar. Estamos terminando os ajustes da moto e vamos para lá esperando conquistar um bom resultado. Ainda não andei em Santa Cruz com a moto que estou esse ano, mas estou confiante nos acertos, na equipe, e acho que estamos bem preparados para essa prova - declarou. Campeão brasileiro em 2009, o paulista Bruno Corano não deve participar da prova, pois ainda se recupera de uma fratura na perna sofrida em um acidente automobilístico no fim de abril. Nomes certos na briga pela vitória com Chofard, porém, serão os de José Luiz Camargo, o "Cachorrão", Luiz Cerciari, Maycon Silva e Alan Douglas, nomes que figuraram no pódio da etapa paulista. O ingresso para as arquibancadas será 1kg de alimento não perecível, mas um acordo entre a comissão de motovelocidade da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e a prefeitura de Santa Cruz do Sul também garantiu a distribuição gratuita de ingressos para os alunos de todas as escolas do municípios e entidades assistenciais da região. Após a prova, estas mesmas entidades também receberão os alimentos arrecadados como ingressos na entrada. - É um dos circuitos mais elogiados do país e uma prova que promete grande festa para os pilotos. Fizemos uma parceria com a prefeitura de Santa Cruz, por intermédio do deputado Sérgio Morais, e serão distribuídos cem mil ingressos na cidade. Será, sem dúvida, uma grande festa da motovelocidade brasileira - afirma Carlos Senise, diretor nacional de motovelocidade e supermoto da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Quem também atesta o grande evento que vem sendo preparado em Santa Cruz do Sul é o diretor de motovelocidade da Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM), Alexandre Sampaio. - Estamos nos empenhando para realizar uma excelente etapa no Rio Grande do Sul e receber a todos os pilotos com a maior atenção - ressalta. Segundo colocado na Superbike Light em Interlagos, Helder Vianna, de Barra Mansa/RJ, quer um resultado ainda melhor no Rio Grande do Sul, mas sabe que precisará se ambientar à pista. - Depois da prova de abertura do Campeonato, em São Paulo, fiquei bastante motivado. Vou confiante, mas como não conheço a pista, por nunca ter corrido lá, sei que será uma experiência nova. Estou bem ansioso, mas também confiante - garante Helder. Thales Monteiro, vencedor da 600cc em Interlagos, também está ansioso pela etapa, e aposta no conjunto moto-piloto quando fala sobre resultado. - Estou com a equipe toda mobilizada para esta etapa. Tenho treinado bastante, acertado bem a suspensão da minha moto, e apesar de não conhecer bem o circuito acho que posso conseguir um bom resultado. Santa Cruz, pelo que ouvi, é um circuito que apesar de ser de alta é bem técnico, e o melhor conjunto moto-piloto é o que fará a diferença - declara. A 2ª etapa do Campeonato Gaúcho e a 2ª etapa do Brasileiro de Motovelocidade são uma realização da Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM), através de Encontros do Sul Eventos, com apoio da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul, e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade tem apoio de Pirelli, Mobil e Servitec.


Federação Bahiana de Motociclismo
Av Flaviano Guimarães, 1038  Bairro Escurinha - Itaberaba Ba - Cep 46880.000 ? telefone 71-3251-1672